Listas de blogs e sites que sigo

terça-feira, 13 de dezembro de 2011

Testei a escova progressiva G-hair ou alemã da INOAR.




Eu já havia dito que daria um tempo nas químicas em meus cabelos uma vez que os mesmos estão em queda livre.  Essa minha promessa durou um ano. E como estamos em período pré- festivos e meus cabelos estavam super volumosos na parte crescida, então resolvi que seria o momento de fazer uma progressiva. Não para alisar bem, pois sei que para isso preciso fazer um relaxamento antes, e isso eu não quero fazer pois conheço a fragilidade dos meus fios. 

Em razão disso comecei há algum tempo pesquisar sobre as progressivas vendidas aqui na França. E uma marca me chamou atenção tanto pelos comentários aqui quanto no Brasil. No Brasil ela virou a queridinha de todos, em vários blogs e redes sociais só falam dela _ a marca Inoar.

A qual tem uma gama grande de produtos para este tratamento progressivo. Tem a famosa escova marroquina, a escova G-hair ou alemã e mais nova Escova d’argan. Falam que esta última não contém nada de formol, mais pelo que andei lendo a mesma não tem poder de alisar e sim tratar. E ainda tem o empecilho de mudar a cor dos cabelos. Dizem que quem  tem os cabelos loiros ficam rosados ou alaranjados, os castanhos ficam vermelhos etc., Por esse motivo não fiquei muito empolgada com a mesma.

A onda das progressivas chegou aqui na Europa no inicio de 2011 e bombou no verão. O sucesso foi tanto que cheguei a ouvir histórias de pessoas que pagaram até 800 euros por uma progressiva.

Eu estava animada para fazer a minha agora no final do ano em um salão de beleza, pois achava que os preços tinham diminuído. Realmente os preços caíram, mas nem tanto. Aqui perto da minha casa me cobraram 400 euros, e não me deram garantia de que ficaria liso. Pelo contrário, a profissional me disse que este tratamento seria apenas para dar brilho e tratar os fios (em termos ela está correta). Vendo os preços altos e a falta de preparo para executar tal tratamento eu optei por comprar o produto e eu mesma passar.

Depois de todas essas pesquisas acabei optando pela escova progressiva G-hair ou alemã da Inoar, a qual contém formol sim, porém na quantidade de 0,2%, ou seja, na dose certa permitido pelos órgãos oficiais que regula tais produtos.

Comprei o kit, o qual contém um shampoo de limpeza profunda, o redutor de volume, e uma máscara, 300 ml cada frasco. Pelo que fiquei sabendo o kit dá para fazer de 03 a 04 aplicações. Entretanto para os meus cabelos tenho certeza que será possível somente duas aplicações.



Então vamos saber como eu fiz todo esse procedimento.

Passo a passo:

1) shampoo: Ele limpa e abre as cerdas para receber o redutor de volume. Depois de lavar duas vezes, deverá secar bem com secador.

2) passe o redutor de volume com luvas, ventilador e janela aberta. Essa é a parte que você pensa: NOssa! Isso realmente deve fazer mal...  Depois de passar mecha a mecha sem deixar cair na raiz, você seca com secador e faz uma escova rápida. Nada muito elaborado porque vai emplastar um pouco. Este processo  foi o mais complicado. Nessa hora você  pensa: Será que isso vai dar certo? Depois você faz uma chapinha caprichada, separando bem os cabelos e pranchando cada mecha umas 07 vezes.

Obs: No manual eles falam para usar uma prancha de titânio  nano... com temperatura 230°. Eu não usei esse tipo de prancha, e sim a que já tenho.

3) com o cabelo seco você passa o creme número 3. Dá uma peninha ver seu cabelo todo lisinho, pranchado com muito sacrifício, ter que tirar tudo.  Espera uns 5 minutos com a máscara nos cabelos e em seguida lave-os com um pouco de água morna.

A parte da progressiva-agressiva acabou.

Não é aconselhável usar shampoo por uns 03 dias afim de que  o produto possa agir melhor. Em razão disso eu fiz uma massagem com uma máscara à base de óleo dArgan.

 Fiz tudo conforme determina o manual. E agora vem a pergunta, funcionou?

Eu não estou aqui para fazer propaganda de nada, nem de ninguém, portanto vou falar o que eu realmente achei deste produto. 

Para começar ele não possui um odor desagradável como outras escovas que já fiz, é suportável, porém, na fase de passar a prancha em virtude da fumaça que exala, tive um leve ardor nos olhos.

E realmente não é fácil fazer sozinha, ainda mais para quem tem cabelos volumosos.  
Resumindo, não deixou meus cabelos super lisos, entretanto soltou bem os cachos e deu muito brilho e maciez. Acho que para quem não tem muito para onde correr é uma boa opção. De repente para quem tem uma amiga que possa ajudar a passar o produto e pranchar poderá ter um resultado melhor.

Também pode ter sido em razão de eu  não ter usado a tal da prancha de titânio.
Fica a dica, não é algo extraordinário como vejo todos comentando no Brasil. 

Para quem possui cabelos crespos como os meus, não esperem transformá-los em fios super lisos como os de Cleópatra.

Não é excelente e nem ruim, fica no meio termo, ou seja, como quebra-galho está aprovada. Já dizia o ditado popular: Quem não tem cão caça com gato!  

2 comentários:

Rebeca Lucena disse...

Adorei sua postagem!! Acabei de adquirir o kit e estou procurando resenhas pela internet... a sua ficou otima! Obrigada pela ajuda, espero que funcione no meu cablo, e depois de testar eu volto pra contar como ficou . UM BEIJO!

Anônimo disse...

Eu usei no meu cabelo e amei, meu cabelo é bem fino e pouco ondulado, ele ficou liso e adorei, no final deixei ele secar naturalmente.. Abraços

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...